Notícias

CRA avança para 7ª posição entre as melhores empresas para se trabalhar em Pernambuco

premiação GPTW

CRA avança para 7ª posição entre as melhores empresas para se trabalhar em Pernambuco

Pelo segundo ano consecutivo a Concessionária Rota do Atlântico  está entre as 10 Melhores Empresas para se Trabalhar em Pernambuco e avança no ranking de 8ª para 7ª posição. A classificação foi anunciada na noite desta terça-feira (29), durante cerimônia no Auditório do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação. A iniciativa é promovida pelo Instituto Great Place to Work (GPTW), em parceria com o Jornal do Commercio e Associação Brasileira de Recursos Humanos e faz parte de um projeto que serve de referência para balizar as melhores práticas corporativas em 53 países, há 19 anos. 

 

Antes mesmo da Rota do Atlântico entrar em operação, em 2014, o diretor administrativo financeiro da Rota do Atlântico, Hélio Belford, já havia lançado o desafio de estar no ranking do GPTW. “Estar entre as melhores é um mérito não só da empresa, mas, sobretudo, dos nossos 136 colaboradores. Reflete o empenho de cada um em manter um bom Clima Organizacional, mesmo atravessando  um período de austeridade econômica. Temos certeza de que o trinômio transparência/confiança/tratamento ético que conduz nossa gestão é o que leva a esse reconhecimento”, considera Belford. 

 

 A gestora de RH da Rota do Atlântico, Natalie Dowsley, também atribui o prêmio ao engajamento de todas as equipes. “Proporcionar um ambiente de trabalho saudável é fundamento para garantir a motivação das pessoas, principalmente nós que trabalhamos no setor de serviços, com relacionamento direto com nosso cliente. Todos que formam nosso time assumiram esse desafio”, destaca Natalie. 

 

Para o presidente da Rota do Atlântico, Elias Lages, participar da pesquisa também fornece subsídios para o planejamento da empresa. “Participar do GTPW possibilita a identificação de pontos fortes e oportunidades de melhoria no ambiente do trabalho, partindo da visão do nosso principal ativo: os integrantes que fazem a concessionária”, considera Lages. 

 
voltar