Notícias

No Dia do Motociclista, balanço semestral indica redução nos acidentes com motos

dia do motociclista segurança viária

No Dia do Motociclista, balanço semestral indica redução nos acidentes com motos

Neste Dia do Motociclista (27/07), a Concessionária Rota do Atlântico comemora a redução do número de acidentes envolvendo moto na via expressa de acesso a Suape e Litoral Sul. O balanço do último semestre indicou declínio de 84% nas ocorrências com esse tipo de veículo. De janeiro a junho de 2014, primeiro ano de operação do complexo viário, foram registrados 31 casos, passando para 5 no último semestre. 

O potencial de gravidade dos acidentes envolvendo moto é reforçado nos indicadores: em 80% dos casos foi necessário o acionamento da ambulância do Serviço de Auxílio ao Usuário (SAU) da Rota do Atlântico, para o atendimento de vítimas, enquanto que considerando os acidentes registrados com todos os tipos de veículos esse percentual com feridos reduz para 32%.  

Outro dado que chama a atenção é a classificação do tipo de acidente. Das 123 ocorrências com moto registradas ao longo dos quatro anos e meio de operação, em 69% dos casos não há colisão com outro veículo, caracterizando como choque em alguma barreira ou queda na pista. “Alguma manobra arriscada cometida por outro veículo pode ter sido fator contribuinte, mas só o motociclista acaba se envolvendo em acidente”, destaca a coordenadora de Tráfego da Rota do Atlântico, Natacha Araújo. “Em geral, a ocorrência de um acidente está associada a diversos fatores simultâneos, mas na maioria dos casos o fator humano, como imprudência e imperícia, se sobrepõe”, destaca a gestora. “Comportamento impróprios como uso de celular enquanto dirige, consumo de bebida alcoólica, manobras arriscadas são infrações comuns associadas aos acidentes. Desenvolvemos campanhas educativas para conscientizar os condutores”, explica Natacha. 

Entre as ações de educação de trânsito estão o Programa Cidadania na Pista, uma blitz educativa realizada bimestralmente que já atendeu mais de 3 mil motoristas que circulam pela via expressa. A Rota do Atlântico também desenvolve um programa de treinamento sobre direção defensiva, oferecido gratuitamente para as empresas de Suape. 

Para garantir condições viárias favoráveis a segurança, a Concessionária Rota do Atlântico investiu mais de R$ 350 milhões em infraestrutura ao longo de sua gestão. As rodovias que compõem o complexo viário concessionado (PE-009 e VPE-052) foram consideradas na última pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) com as melhores entre a malha viária do Norte, Nordeste e Centro Oeste, com conceito ótimo em todos os quesitos avaliados: condições gerais, geometria da via, pavimento e sinalização. 

OPERAÇÃO - Com 49 câmeras espalhadas ao longo da via, a equipe do Centro de Controle Operacional da Rota do Atlântico monitora os 44 km de vias concessionadas. Os motoristas podem contar com o Serviço de Auxílio ao Usuário (SAU), com assistência 24h, com suporte de viaturas de inspeção de tráfego, guincho leve e pesado, ambulância com resgatistas. A frota inclui, ainda, um caminhão-pipa de combate a incêndios, equipes de limpeza e veículos para remoção de animais soltos na pista. Em caso de emergência médica ou mecânica, o apoio pode ser acionado pelo 0800.031.0009.  

 

voltar