Notícias

Rota do Atlântico repassa R$ 3 milhões em ISS para Cabo e Ipojuca em 2017

ISS

Rota do Atlântico repassa R$ 3 milhões em ISS para Cabo e Ipojuca em 2017

Os municípios Cabo de Santo Agostinho e de Ipojuca tiveram um reforço no orçamento em 2017, com um repasse de cerca de R$ 3 milhões em ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) pela Concessionária Rota do Atlântico, responsável pela administração da via expressa que cruza as duas cidades da Região Metropolitana do Recife.   Desde o início da operação da rodovia, em 2014, o montante chega a R$ 11,5 milhões. O imposto incide sobre o recolhimento de pedágio e por atividade de terceiros, como contratação de serviços de manutenção da rodovia e execução de obras. 

 

O recolhimento do ISSQN é determinado por legislação e obedece a extensão da rodovia na jurisdição de cada município. “O repasse do recurso é mais um benefício da concessão rodoviária para as chamadas cidades lindeiras, por complementar a receita das prefeituras para investimentos em áreas como saúde e educação, por exemplo”, explica o diretor Administrativo Financeiro da Rota do Atlântico, Hélio Belford. 

 

Além de incrementar os cofres municipais, a Rota do Atlântico também contribui com o desenvolvimento da região com a execução de programas sociais e a contratação preferencial de moradores da região. “O incentivo à circulação de pessoas e mercadorias promovido pela melhoria na infraestrutura tende a atrair mais negócios para a região, sendo este o principal benefício socioeconômico advindo da implantação de uma concessão rodoviária”, conclui Belford. 

 
voltar