Notícias

No Dia Mundial do Meio Ambiente, ação conscientiza sobre os riscos do descarte de lixo em rodovias

segurança viária Meio Ambiente

No Dia Mundial do Meio Ambiente, ação conscientiza sobre os riscos do descarte de lixo em rodovias

O descarte de lixo em rodovias traz danos ambientais e compromete a segurança viária e a conservação do pavimento. Só no Complexo Viário de acesso a Suape e Litoral Sul, a Concessionária Rota do Atlântico retirou só no ano passado 92 toneladas de detritos na pista, incluindo 5 mil objetos recolhidos pela equipe de inspeção. Neste dia 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, a Concessionária Rota do Atlântico lança uma campanha para incentivar o descarte correto do lixo. 

 

A ação inclui distribuição de lixeiras para câmbio e mensagens nos painéis de led distribuídos ao longo da rodovia e nas redes sociais. “Diversos tipos de lixo são lançados na pista: latas, garrafas, sacos plásticos e restos de pneus. Trabalhamos para recolher o mais rápido possível, mas contamos com a ajuda dos motoristas para manter as rodovias seguras”, destaca o coordenador de Sustentabilidade da Rota do Atlântico, Italo Alencar.  

 

Arremessar ou abandonar objetos na via é considerado uma infração média pelo Código de Trânsito Brasileiro, com multa e perda de quatro pontos da Carteira Nacional de Habilitação. Dependendo do volume de dejetos abandonados, o motorista pode responder a processo por crime ambiental.

 

Objetos pequenos podem parecer inofensivos, mas, quando jogados pela janela do veículo, ganham velocidade e multiplica a capacidade de impacto. Uma garrafa pet, por exemplo, possui apenas 40 g, mas seu impacto no vidro de um carro a 90 km/h dá uma força equivalente a um objeto de 4 kg, o que pode ocasionar até a quebra de um para-brisa.

 

Outro problema é a obstrução do sistema de drenagem da pista. A ação de descartar o lixo na rodovia, associada ao vento e ao deslocamento de ar dos veículos, acabam por levar os objetos para as bordas da estrada e podem entupir as canaletas coletoras de água. 

 

A Rota do Atlântico mantém equipes de inspeção que ajudam a identificar e remover detritos lançados na rodovia, com rondas em todo o trecho concessionado monitoramento pelo Centro de Controle Operacional, com auxílio de 49 câmeras. Caso localize algum objeto na pista, o usuário deve ligar para o telefone 0800.031.0009 da concessionária e solicitar a remoção. O serviço é gratuito e disponível 24 horas.

 

voltar